Principal » Notícias » Destaque »

31 janeiro 2018

Reunião dos servidores públicos discutirá luta contra a Reforma da Previdência. É preciso greve geral!

No próximo sábado (2) e domingo (3) os servidores públicos federais realizarão uma reunião ampliada para traçar estratégias contra a Reforma da Previdência.  A reunião convocada pelo Fonasefe (Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais) e pelo  Fonacate (Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado) também irá discutir a pauta de reivindicações das categorias para 2018 e definir um calendário de lutas contra os ataques do Governo Federal.

“Vamos reabrir as mobilizações dos servidores públicos federais e discutir prioritariamente as ações para barrar a Reforma da Previdência”, salientou o dirigente da Fenajufe (Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário Federal e do Ministério Público da União) Saulo Arcangeli, que também integra a Secretaria Executiva Nacional da CSP-Conlutas.

A pauta dessa reunião ampliada prevê ainda a discussão sobre a Medida Provisória (MP) 805 que aumenta a contribuição previdenciária dos servidores de 11% para 14%. Existe uma decisão judicial suspendendo essa medida, mas o Supremo está em vias de decidir sobre sua constitucionalidade. “Nada impede o governo de mandar outra MP, apenas com esse aumento da alíquota. Então, é importante não baixar a guarda”, reafirma Saulo.

O combate à Reforma Trabalhista, a lei da terceirização e a Emenda Constitucional 95, que afeta todas as áreas do funcionalismo, também será tema dessa reunião. O governo promete enviar um projeto de reestruturação do setor, ou seja, virão mais ataques.

“Precisamos estar nesse forte processo de mobilização e essa reunião ampliada será o pontapé para esse processo mais imediato contra a Reforma da Previdência, além dos outros ataques que já estão postos. Vamos fazer um chamado às centrais para reafirmar a data da greve geral. Além disso, fortalecer a luta dos servidores públicos em unidade com os trabalhadores da iniciativa privada”, finalizou.

Outras ações

No retorno das atividades do Congresso Nacional, 5 de fevereiro, existe a previsão de leitura do texto da Reforma da Previdência. Neste dia estão marcadas mobilizações em Brasília, nos aeroportos e nos estados.

No dia 6 de fevereiro, a reunião da Secretaria Executiva Nacional da CSP-Conlutas será realizada em Brasília, na sede nacional do ANDES-SN (setor Comercial Sul (SCS), Quadra 2, Edifício Cedro II – 5º andar – Bloco C), como parte das atividades desse calendário organizativo para barrar a Reforma da Previdência

Fonte: CSP Conlutas
Foto: Reprodução


Comentários

Comentar

SINDUECE
Rua Tereza Cristina, 2266 – Sala 204 – Benfica
CEP 60015-141, Fortaleza/Ceará
Fone/Fax: (85) 3077 0058
E-mail: comunicacao@sinduece.org.br
Produzido e atualizado pela TEIA DIGITAL